• A NOSSA MISSÃO
%PM, %21 %674 %2020 %16:%Set.

Tomada de Posse das novas Diretoras das Escolas Superiores da CVP, de Lisboa e Chaves

  • Manuel Heitor, Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior e Isabel Ferreira, Secretária de Estado da Valorização do Interior marcaram presença na Tomada de Posse das novas Diretoras das Escolas Superiores da Cruz Vermelha Portuguesa, de Lisboa e Chaves. 
  • Escola Superior de Enfermagem da CVP, em Chaves, tem curso de Enfermagem bilingue - Portugês e Castelhano.

Uma cerimónia simbólica onde se encontravam representantes das várias entidades parceiras e elementos da Instituição, bem como a representação do corpo de estudantes.

Francisco George, em palavras breves, ressalva que este é “um dia que ficará na nossa história.  vamos dar início a uma vida Institucional “. Reconheceu o grande contributo do Professor Henrique Pereira que hoje fica liberto da Escola de Chaves, bem como o profissionalismo e mérito do Professor Luís Janeiro que, da mesma forma, termina funções como Diretor da Escola Superior de Lisboa.

Com uma mensagem de boas vindas às novas Diretoras,o Presidente Nacional da CVP, lançou notas de “incentivo e inspiração para o trabalho que agora começa: Criar laboratórios de investigação, colaborar com a Comunidade, com as instituições e com o mundo empresarial”. Conclui reforçando a importante presença dos estudantes nos Órgãos de decisão das Escolas.

Após leitura do Juramento que consagra o momento solene do Acto de Posse, Marta Ayres de Sousa que inicia funções de Diretora da Escola Superior de Lisboa e Rita Pessoa, empossada como Diretora da Escola de Enfermagem, em Chaves, manifestam profunda motivação para a tarefa de responsabilidade que hoje assumem, reforçando o necessário trabalho em equipa.

Um segundo momento solene nesta simbólica cerimónia deveu-se à entrega da Condecoração Cruz Vermelha de Mérito ao Professor Luís Janeiro, pelo reconhecimento do trabalho e dedicação á Instituição, sempre pontado pela excelência na qualidade e disponibilidade.  A Medalha foi entregue pela mão do Presidente da Comissão Honorífica da CVP, General Governo Maia que em palavras dirigidas ao congratulado, ressalva o “saber, o engenho e a arte de um notável Diretor e distinto Formador”.

Nuno Vaz Ribeiro, Presidente da Câmara Municipal de Chaves, elogia a energia e ambição da Cruz Vermelha em potenciar as suas Escolas e ressalva a importância da visão estratégica para promover a continuidade de um ensino de qualidade agora, com uma Direção renovada, jovem e altamente qualificada.

Isabel Ferreira, Secretária de Estado da Valorização do Interior, teceu breves palavras de encorajamento às novas Equipas que hoje iniciam funções e congratula a realização desta cerimónia no interior, “certamente um exemplo daquilo que preconizamos para um interior próspero, competitivo e captador fundos. Este é o desafio global da valorização do interior”.

Manuel Heitor, Ministro da Ciência e Tecnologia, menciona que também as Escolas têm um papel crucial como veículo de informação credível e segura, “sobretudo em tempos mais críticos como os que hoje vivemos”, justificando que a abertura de novas fronteiras do conhecimento com mais investigação, vai de encontro da estratégia da Cruz Vermelha para as suas Escolas. “São valores como os da Cruz Vermelha que guiam a um futuro mais próprio e mais digno dos jovens e o debate intergeracional tão importante em tempos como os que correm”.  

Esta cerimónia simbólica nas Instalações da Escola Superior de Enfermagem, em Chaves, reuniu representantes das comissões administrativas das duas Escolas Superiores e de entidades parceiras.  

 

 

Powered by jms multisite for joomla